FACE A FACE é um programa promovido pelas produtoras Máquina Agradável (Lisboa, Portugal) e Dos Voos (Rio de Janeiro, Brasil)  em parceria com a galeria deCurators (Brasília, DF) de apresentação de trabalhos com foco na frontalidade da disposição coreográfica e cênica como forma de confronto político entre o discurso artístico e o espectador.

 Face a Face visa questionar o espaço cênico como um espaço isolado ou distanciado do espectador para enquadrar as ações performativas como um gesto de presença, um signo comum e uma das premissas básicas à articulação de uma linguagem e de uma poética contemporâneas. Todos os trabalhos são assim possíveis formalizações de encarar uma perspectiva do contemporâneo que exige a coexistência e, de certo modo, a co-presença como única forma de ser experienciado. São trabalhos que se dirigem diretamente ao espectador, renovando a sua identidade, procurando ativá-la e tornando-a indispensável, reinvindicativa da sua relação com um espaço que lhe foi sempre principalmente dedicado: uma sala de espetáculos.

 Em Abril de 2015 a deCurators / espaço para microcuradorias (Brasília, Brasil), a Máquina Agradável (Lisboa, Portugal) e a Dos Voos (Rio de Janeiro, Brasil) com o apoio do Museu Nacional do Conjunto Cultural da República e o Instituto das Artes da Universidade de Brasília, juntaram-se para a promoção da 1ª edição de Face a Face provando que a iniciativa individual de artistas, o encontro de produtores independentes, a cooperação entre curadores, museus e instituições acadêmicas, pode configurar a criação de um formato inédito de programação de artes cênicas.

 Nesta edição apresentou 5 artistas (portugueses e brasileiros) em formatos tão diversos como obras coreográficas, peças de teatro, objectos e instalações performativas, produções videográficas, performances musicais, debates e palestras articulando o seu programa em vários espaços: Departamento de Artes Cênicas da Universidade de Brasília – UnB, Galeria deCurators e Museu Nacional.

ERA UMA COISA MESMO MUITO ABSTRACTA peça coreográfica de Andresa Soares e João Lucas (PT)

A MECÂNICA ABSTRATA debate sobre a composição coreográfica e musical em colaboração

AR AO VENTO peça de teatro de Lígia Soares (PT)

WE DON’T HAVE MONEY BUT WE ARE FUNNY peça de dança de Mariana Pimentel (BR)

ROMANCE performance de Lígia Soares (PT)

O ACTO DA PRIMAVERA instalação performativa de Lígia Soares (PT)

TAKE A PICTURE WITH A BRAZILIAN WOMAN FOR 0.71 CENTS vídeo de Mariana Pimentel e Fabiano Araruna (BR)

WHERE THE OLD BOATS  ARE BORN instalação de vídeo de Fabiano Araruna (BR)

A CONSTRUÇÃO DO TEMPO instalação de geringonça de João Lucas (PT)

PERFORMANCE COMO ARTE DA PRESENÇA CONTEMPORÂNEA (debate)

 

O sucesso desta primeira edição em Brasília relativamente às premissas propostas por este projeto de programação coletiva e o vínculo criado com o público, constitui um importante incentivo à continuidade deste projeto como desencadeador de colaborações e contextos de apresentação. 

Face a Face dispõe frente a frente os discursos, os corpos, os materiais com que opera sejam eles, música, vídeo, movimento ou palavra e fincando a cada oportunidade os seus olhos nos olhos do espectador. 

Esta programação encontra-se aberta à produção. Se é programador ou produtor e está interessado em realizá-la na sua cidade  poderá solicitar o acesso ao vídeo integral do espectáculo, fotografias em alta resolução (jpg 300dpi), riders técnicos, biografias e materiais gráficas através do e-mail: marianapimentel@dosvoos.com.br, 55 – 21 982319959. O interesse desta programação é  acolher também artistas locais. 

CONTATO

Para nos achar, mande uma mensagem!
Teremos o maior prazer em fazer contato!